terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

O Clube de Leitura de Edgar Allan Poe - Ademir Pascale

Saudações literárias, queridos Travellers! Tudo bem com vocês? Espero que todos estejam bem. Hora de uma super novidade no cenário literário nacional. Entrou em pré-venda o livro "O Clube de Leitura de Edgar Allan Poe" do autor Ademir Pascale. Você pode adquirir o livro clicando aqui

Em meio a perseguições, em que a maneira de o autor descrever o clima psicológico que se abate sobre os personagens deixará o leitor sem fôlego." (Sérgio Simka)

Conheça um pouco mais do livro: Situado numa sala de um antigo prédio do centro da cidade de São Paulo, o Clube de Leitura de Edgar Allan Poe, apresenta personagens intrigantes e problemáticos, iniciando pelo cofundador, um velho caolho de nome Clay, que não vê mais sentido na vida depois da morte trágica da esposa Virginia. Henrico e Marcelo, irmãos órfãos que tentam levar uma vida pacata em um sebo na garagem de casa, mas que eventos sobrenaturais assolam a vida de um deles, que é atormentado por corvos. Samanta é uma jovem gótica e solitária. Rafael, ex-vocalista da banda Nevermore, sente-se rejeitado pela rica família e vive nas ruas e noites paulistanas tentando encontrar um novo caminho. Bernardo e Kátia, casal que discute a relação entre casar ou apenas morar juntos, vivem aventuras perigosas. Mas, todos com algo em comum: a paixão que nutrem pela vida e obra do inigualável mestre do horror: Poe.

Depoimento de Sérgio Simka: "Ademir Pascale, neste livro, conseguiu unir suas duas paixões: literatura e Edgar Allan Poe. Claro, Pascale se diz também apreciador de pizzas, que igualmente aparecem no texto, mas essa minúcia não será explorada aqui.

O que quero deixar claro nestas linhas se prende à verve literária do autor, ou seja, Pascale sabe como contar uma história. E o faz sobre um alicerce temático de que é grande conhecedor e expoente: estrutura uma trama na qual uma teia de referências ao criador do gênero policial vem urdida a todo momento, externa e internamente, isto é, desde os títulos dos capítulos, as menções a trechos de poemas, até o modo de os personagens se vestirem e viverem.

Essa teia referencial materializa a paixão do escritor pelo autor de O Corvo, o que vem a comprovar o fato de Pascale usar com total propriedade uma das máximas de escrita segundo a qual não basta dizer, tem de mostrar.

Em outras palavras, Pascale não diz simplesmente: “Ei, eu gosto de Edgar Allan Poe”. Ele nos mostra, nos faz perceber que Edgar Allan Poe vem entranhado em todo o seu ser e o transfere para sua narrativa. Os membros do Clube de Leitura são apaixonados por aquela figura esquisita (refiro-me a Poe), conhecedores da vida e da obra do mestre.

Como se não bastasse essa paixão, Pascale ainda a insere em uma história sombria (agora, uma paixão à maneira de Edgar Allan Poe), em que um dos membros do Clube de Leitura desaparece e outros passam, gradualmente, a ser alvos de um maníaco. O clímax não poderia ser mais surpreendente.

Em meio a perseguições, em que a maneira de o autor descrever o clima psicológico que se abate sobre os personagens deixará o leitor sem fôlego, Pascale, como excelente romancista, aproveita para apresentar algumas relações familiares e amorosas, cujo desfecho... bem, sugiro que você não perca mais tempo em ler o que se segue. Mas não terminou.

Gostaria de deixar registrados meus agradecimentos a Ademir Pascale por me convidar a escrever estas modestas linhas. Claro que estas não abarcaram ou não lograram demonstrar a força narrativa com que o autor nos brinda, o que faz com que sejamos, pouco a pouco, envoltos por uma trama que flui com espontaneidade, com leveza, proveniente da pena de um escritor competentemente maduro.

O Clube de Leitura de Edgar Allan Poe não só é um tributo memorável ao mestre como também um vigoroso elogio à leitura, aos livros, à literatura. Mais uma vez Pascale presta um inestimável trabalho literário, mesmo em um mundo que concede mais valor ao efêmero, às coisas que passam."

Sérgio Simka, doutor em Língua Portuguesa pela PUC-SP, é professor universitário desde 1999. Autor de cinco dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a coleção Mistério, publicada pela Editora Uirapuru. Membro do Conselho Editorial da Editora Pumpkin e integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC.

Sobre o Autor:

Ademir Pascale é paulista, editor e criador da revista Conexão Literatura, escritor e ativista cultural.
Já participou como organizador, editor, autor e coautor em mais de 40 livros, tendo contos publicados no Brasil, França, Portugal e México. Fã nº 01 de Edgar Allan Poe. Organizador da coletânea "Possessão Alienígena"(Editora Devir/2019). Adora pizza e séries televisivas. Contatos: 



Facebook: Ademir Pascale

Twitter: Ademir Pascale


Maiores Informações:

Título: O Clube de Leitura de Edgar Allan Poe

Autor: Ademir Pascale

Prefácio: Sérgio Simka

Editora: Selo Jovem

Gênero: Aventura/Horror/Detetivesco
Ano: 2019


Preço na pré-venda: R$ 21,00

Pré-venda: Clique aqui


domingo, 10 de fevereiro de 2019

Prende o choro, menina!


Esse silêncio que incomoda a alma,
Pensamentos que não param.
Lembranças de coisas que não voltarão.
Prende o choro, menina.
É um ponto final, segue adiante.
Agora se tornou passado.
Foi uma escolha.



quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Revista Conexão Literatura, nº 44 (Fevereiro/19)


A Revista Conexão Literatura alcança o patamar de ferramenta na divulgação de livros e autores e de incentivo à leitura, numa época em que algumas livrarias fecham as portas, o que nós que amamos livros temos que fazer é unirmos forças e trabalharmos em prol deste nosso objetivo: divulgar cada vez mais.

Em janeiro anunciei no site da revista e em nossa fanpage a capa do meu novo romance “O Clube de Leitura de Edgar Allan Poe”, com previsão de lançamento para esse primeiro trimestre de 2019. Caso ainda não tenha visto, veja a capa nas páginas da edição, ou saiba mais em: www.edgarallanpoe.com.br

Contos, dicas de livros, entrevistas e matérias especiais aguardam por você.

Para divulgar o seu livro ou anunciar em nosso site e próxima edição, acesse: www.revistaconexaoliteratura.com.br/p/midia-kit.html

A nossa revista é gratuita para os leitores e só pedimos que compartilhe para os seus amigos, assim você estará ajudando o nosso trabalho de incentivo à leitura. ;) Para compartilhar, acesse: https://bit.ly/2HEr4nD

Para saber mais ou baixar a nova edição, acesse a página:



domingo, 3 de fevereiro de 2019

Diga-me como esquecer?



Diga-me como esquecer?
Podemos até rasgar papeis, fotos.
Jogar fora todas as lembranças materiais,
Mas as memórias não irão embora.
Não tem um deletar histórico das recordações.
Não tem um botão que aperte
E esqueça magicamente
Tudo o que aconteceu.
Tem o tempo.
Ele com o passar dos dias
As lembranças diminui,
Porém, jamais esquecidas.
Já que terei que viver com as recordações, 
Escolho lembrar somente das boas.




quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

[Mudando de Assunto] You



Título Original: You 

Direção: Greg Berlanti e Sera Gamble 

Ano Lançamento: 09 de Setembro de 2018 

Duração: 43min/Episódio 

Elenco: Penn Badgley, Elizabeth Lail, Shay Mitchell, 
John Stamos e Luca Padovan 

Temporadas: 01 

Episódios: 10 

Gênero: Suspense, Drama Criminal 

Origem: Estados Unidos 

Guinevere Beck (Elizabeth Lail) é uma aspirante a escritora, que vê sua vida mudar completamente ao entrar em uma livraria no East Village, onde conhece o charmoso gerente, Joe Goldberg (Penn Badgley). Assim que a conhece, Joe tem certeza de que ela é a garota dos seus sonhos, e fará de tudo para conquistá-la — usando a internet e as redes sociais para descobrir tudo sobre Beck. O que poderia ser visto como paixão se transforma em uma obsessão perigosa, uma vez que Joe não vai medir esforços para tirar de seu caminho tudo e todos que podem ameaçar seus objetivos. 

Impressões: 

Saudações cinematográficas, queridos Travellers. Tudo bem com vocês? Espero que sim! Vamos mudar de assunto? Hoje o post é para falarmos um pouco mais da série “You”, sucesso absoluto da nossa querida e amada Netflix. Bora para o post? 

O seriado tem o foco em Joe, gerente de uma pequena livraria, o jovem acaba se envolvendo com uma de suas clientes, conhecida como Beck. Porém! Todo esse amor é transformado em uma verdadeira e mortal obsessão. 


Joe começa uma verdadeira caçada para saber tudo da vida de Beck, perseguindo e até mesmo invadindo toda privacidade da jovem, sem ao menos ela suspeitar toda paranoia de Joe. 

O seriado aborda de forma intensa uma linha tênue entre o amor e obsessão, questionando até que ponto podemos controlar nossas ações e impulsos. 

Netflix mais uma vez acertou em cheio com suas produções originais. You consegue prender os espectadores logo no primeiro episódio. O grande diferencial de cada episódio é com os diálogos limpos, narrativa fluída. 


Joe além de ser o personagem principal é o narrador de cada episódio. Vale lembrar que a série é baseado na obra da autora Caroline Kepnes, sucesso absoluto no mercado editorial do exterior. 

Outro diferencial da série, é mostrar de forma clara e intensa, os relacionamentos abusivos e toda obsessão que pode terminar em tragédia. 

Vale a pena? Com toda certeza! Vamos presenciar Joe e sua loucura pelo amor de Beck, não pensando nas consequências em sua volta, para ele, o mais importante é o amor da jovem, custe o que custar.


domingo, 27 de janeiro de 2019

[Resenha] O Filho do Sol - Herdeiros das Estrelas #1


Autor: Daniel Renattini
Páginas: 200
Editora: Independente


Sinopse: Em meio a um turbilhão de acontecimentos bizarros, segredos que o rodeiam desde a infância agora ameaçam o equilíbrio de uma vida que guarda muito mais surpresas do que ele poderia imaginar. Afinal, o que fazer quando se descobre que super poderes não estão apenas nas páginas dos livros e revistas em quadrinhos?

Com o peso de um novo mundo nos ombros, Alex se vê envolto em uma narrativa de fantasia na qual os super-heróis estão muito mais perto da realidade... E os vilões também.

Acompanhado por aliados pouco prováveis, o jovem precisa aprender a controlar o fogo que corre em suas veias, ao mesmo tempo em que percebe que essas descobertas têm um preço que ele ainda não sabe se está disposto a pagar.

Luto, incredulidade, curiosidade e a descoberta de que ele pode não ser tão humano quanto sempre imaginou tumultuam os pensamentos do jovem. O que fazer quando suas emoções parecem um vulcão prestes a entrar em erupção?



Alex e Alice são um jovem casal apaixonado. Acabaram de se formar no ensino médio e planejam um futuro juntos. Nada poderia mudar aquilo. Nem mesmo os sintomas estranhos que Alex vinha sentindo nos últimos anos, como febre e mal estar.

Eles queriam comemorar na companhia um do outro a formatura, além do aniversário de 2 anos de namoro. Foram jantar em um famoso restaurante e depois passearam de carro pela Avenida Paulista. 

Tudo estava bem, até que os dois foram perseguidos por um carro misterioso, que atiravam contra o carro deles, que resultou com Alice em coma no hospital.

Alex se sentia culpado por tudo que aconteceu e para piorar, coisas estranhas começaram a surgir em sua vida. Você acredita em pessoas com poderes? Que podem controlar todos elementos? Você acredita em heróis?

Pois eles existem, e também existem aqueles que querem aproveitar de todo esse poder, para fazer mal as pessoas. Será esse o motivo de Alex e Alice terem sido atacados? Mas o que eles tinham a ver com isso?


Sempre deixei claro que eu amo fantasia e que é o meu gênero preferido. Por tanto, eu leio muitos livros do gênero, e muitas vezes eu fico me perguntando: "Será que eu ainda vou conseguir me surpreender e me prender a uma história de literatura fantástica?", e a resposta é SIM!

Por mais que existam comparações, toda história tem sua particularidade e é isso que nos faz apaixonar pelo livro. Foi assim que aconteceu com O Filho do Sol. Muitos elementos me lembraram histórias de heróis famosas, mas ao mesmo tempo, fui surpreendida por cada detalhe.

O autor soube explorar muito bem o fatos, dando angustia, ansiedade, emoção e muito mais, mas muita coisa ainda ficou desamarrada, dando uma deixa para a continuação do livro, o que me deixa muito ansiosa, porque o final foi surpreendente!

Eu amei os personagens, e amei ver a evolução de Alex durante a história, além de ter ficado surpresa com outros, pois nunca suspeitei de quem eles realmente são. 

E essa capa, gente? Maravilhosa! Além de ter tudo a ver com a história e com uma cena em específico.


Super recomendo o livro para quem, assim como eu, ama fantasia, história de heróis e vilões. O Filho do Sol é uma história bem gostosa de ler e que vai te surpreender bastante.
Eh aí? Você gosta de história de heróis? Já conhecia O Filho do Sol?

Beijos!

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

O grande lançamento - Final


- Podemos ir Ivo? – Falou seca como de costume.
- Claro, vamos. – Indicou Ivo.

Os dois seguiram para o hotel de luxo situado no Rio de Janeiro, todo o trajeto durou
cerca de quinze minutos.
Samantha não acreditava no que via uma gigantesca e bem luxuosa festa de lançamento.
Vários fotógrafos corriam em direção para conseguir uma palavra da escritora mais
famosa do mundo.
Políticos, empresários, jornalistas, cantores e apresentadores de televisão estavam
prestigiando Samantha. Ela estava se sentindo uma estrela de cinema.
O salão de festa do hotel estava ainda mais deslumbrante e luxuoso, todo devidamente
decorado, um super coquetel para os convidados.
A autora foi muito cordial com todos no evento, cumprimentando, assinando seus livros
e tirando fotos.
Samantha notou que Ivo não tirava os olhos dela, literalmente estava comendo pelos
olhos.
Ela decidiu agir antes de ir embora. Foi aí que teve uma grande ideia.

- Ivo! Esqueci meu celular no hotel, podemos ir até no hotel e buscar?
- Mas não podemos voltar. Você ficou louca?
- Não me interessa! Nós vamos e pronto.

Ivo conversou com alguns dos organizadores e explicou o pequeno transtorno, meio que
a contragosto eles entenderam a situação.
Samantha seguiu Ivo e ambos foram de carro. A jovem escritora não perdeu tempo,
colocou a mão por cima da calça.

- O que você está fazendo. – Falou Ivo sem entender.
- Cala sua boca e continua dirigindo. – Ordenou Samantha.
Ivo obedeceu, seguiu para o hotel e notou a mão da escritora acariciando o seu membro.

- Procure uma rua deserta, vamos nos divertir um pouco.
Mais uma vez Ivo obedeceu e pararam em um local deserto.
Não demorou e Samantha desabotoou a calça o deixando rígido. Com olhar de safada,
abocanhou não se preocupou em beijos nem nada do tipo.
Ivo gemia de puro prazer, sentindo aquela chupada deliciosa. Samantha alternava entre
devagar e rápido, lambidas e sugadas.
O calor estava intenso dentro do carro, sem pensar duas vezes, Ivo pediu para Samantha
sair do carro com ele.
Sem esperar, A pegou pela cintura e colocou debruçada no capô do carro esportivo.
Levantando o vestido e empinando a bunda para Ivo, Samantha já estava molhada de
prazer e esperava que ele fode-se sem dó.
Ivo colocou a calcinha dela de lado e penetrou bem devagar, fazendo com que
Samantha sentisse entrando bem lentamente, deixando ainda mais excitada.
O tesão dos dois estavam no limite. A penetração continuava em ritmo lento, Samantha
gemia de prazer.
Ivo a segurou pela cintura e aumentou o ritmo, com estocadas e movimentos de vai e
vem. Tirando as mãos da cintura de Samantha, Ivo segurou e puxou o cabelo dela e com
a outra mão ele dava tapas na bunda de Samantha.
O sexo estava intenso e no ritmo alucinante, os dois estavam entregues ao prazer.

Ambos gozaram ao mesmo tempo e com seu jeito truculenta e direta, Samantha se recompôs e o agarrando novamente friccionou seus lábios em Ivo com um beijo gostoso, acrescentado por mordidas e desejo intenso.


- Agora vamos voltar para o lançamento. - Samantha disse ao terminar de beija-lo.

E para Ivo restou-se a esperança de algum dia rolar novamente



Texto autoral por: Rafael Botter e Mary Dourado.


Parte IV: http://www.travelingbetweenpages.com.br/2019/01/o-grande-lancamento-continuacaoparte-iv.html