segunda-feira, 9 de abril de 2018

[Mudando de Assunto] Spotlight – Segredos Revelados


Título Original: Spotlight 

Direção: Tom McCarthy 

Lançamento: 07 de Janeiro de 2016 

Duração: 02h08min 

Elenco: Michael Keaton, Mark Ruffalo, Rachel McAdams e Liev Schereiber 

Origem: Estados Unidos 

Gênero: Drama, policial, biografia e histórico 

Baseado em uma história real, o drama mostra um grupo de jornalistas em Boston que reúne milhares de documentos capazes de provar diversos casos de abuso de crianças, causados por padres católicos. Durante anos, líderes religiosos ocultaram o caso transferindo os padres de região, ao invés de puni-los pelo caso. 


Saudações cinematográficas! Tudo bem com vocês, Travellers? Espero que sim! Hoje vamos mudar de assunto e falar de um filme incrível, o escolhido foi “Spotlight – Segredos Revelados”. Bora falar um pouco mais do longa? 

Spotlight na verdade é uma equipe de jornalista do “The Boston Globe”, que buscam e vão atrás de vários crimes e outras coisas sórdidas que acontece em Boston, porém tudo muda, eles recebem denuncias de diversos casos de abuso sexual e pedofilia por membros da arquidiocese católica da cidade. Vale lembrar que o filme é baseado em fatos reais, tanto que está investigação recebeu um importante prêmio jornalísticos, o Prêmio Pulitzer de Serviço Público em 2003. 


O longa mostra de forma bem direta, todo o bastidor das investigações do Spotlight, quando um novo editor, Marty Baron lê uma coluna do qual um advogado conhecido como Mitchell Garabedian diz categoricamente que alguns líderes religiosos sabiam que o padre John Geoghan estava abusando sexualmente de crianças, porém nada fez durante essa terrível descoberta. 

É aí que o time de jornalistas do Spotlight entra em ação, trabalho árduo para coletar provas, documentos e entrevistas com as vítimas, conforme toda investigação andava em passos acelerados, os jornalistas descobrem um padrão de abusos de crianças por padres em Massachusetts e um certo abafamento pela Arquidiocese de Boston. 


Tom McCarthy acertou em cheio em sua produção, levando o Oscar de Melhor Filme. O longa reflete todas questões antigas e ao mesmo tempo atual: abusos sexuais envolvendo padres da Igreja Católica. 

Toda ambientação do filme tem um aspecto melancólico e acinzentado na cidade de Boston, o processo de investigação e trama é iniciado na redação do “The Boston Globe”, em 2001. 

O desenrolar da história passa de uma forma ágil e dinâmica para os telespectadores, cada nova pesquisa traz descobertas de ficar pasmo. 


Os atores mostraram um show à parte, uma interação e intensidade do começo ao fim, deixando o longa com uma carga dramática bem real. 

Se eu recomendo? Com toda certeza! Um filme que vai deixar qualquer um perplexo pelas atrocidades que um ser humano é capaz de fazer para um indefeso. 

Não esqueçam de comentar, curtir e compartilhar. Até à próxima, pessoal.


14 comentários:

  1. Uma excelente recomendação. Eu vi o filme e achei fantástico. O desenvolvimento da pesquisa e dos personagens, tudo é muito bom e incrível.

    Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Quero muito assistir a esse filme! Ainda não tive tempo, mas em breve farei. =)

    ResponderExcluir
  3. Não sou muito ligada em cinema, mas adorei a indicação, gosto muito de filmes investigativos e principalmente sendo baseados em fatos reais. E pelos comentários o filme esá muito bom. Valeu a dica!

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafael, ainda quero ler o livro e ver o filme, não necessariamente nesta ordem. Bom saber que os atores fizeram com louvor seus papéis.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  5. Uau! Amei muito a indicação!
    Gosto de filmes inteligentes assim e adorei o elenco!
    É um tema forte e mega polêmico, né?
    Mas extremamente necessário de ser discutido e de ter de vir à tona, para que cada vez menos, esses crimes ocorram.
    Valeu a sugestão!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oiii Rafael

    O elenco é mesmo muito bom, e que legal saber que eles mostraram essa interação na camera, transparecendo o talento de cada um. A história também aprece ser legal, eu adoro Boston e esse climão melancólico com que a cidade é retratada. Com certeza quero conferir esse filme.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Olá.
    Esse filme esta na minha longa lista de filmes do Oscar que eu preciso assistir. Eu acabei nunca assistindo por falta de tempo, mas quero muito assisti um dia.
    Eu adorei a sua resenha e agora estou ainda mais animada,espero amar tanto quanto vc.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  8. Deve ser um grande filme, principalmente porque tem um ator que amoooooo

    ResponderExcluir
  9. Eu assistiria só pelo Mark Ruffalo, eita homão! Mas a história parece ser sensacional também e um dia vou assistir!
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  10. Oi Rafael!
    Tenho muita curiosidade em ler o livro (que descobri que tinha em um clube do livro aqui da minha cidade) e ver o filme. Lembro que quando conheci o livro achei que ele iria dar super certo como série, porque abrange vários temas o que proporcionaria uma infinidade de episódios.
    Enfim, não sei quando lerei/assistirei, mas sua resenha me instigou ainda mais. Espero gostar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Eu amei esse filme! Fiquei super feliz quando ganhou o Oscar.
    É um tema muito pesado e é revoltante pensar em quantas crianças sofreram e ainda sofrem com esse tipo de abuso. Mas o trabalho desses jornalistas foi incrível e achei muito interessante o trabalho deles até desvendarem o caso. A atuação dos atores foi fantásticas e é um dos grandes méritos do filme.
    Enfim, eu gostei muito do filme e acho que você trouxe uma ótima indicação. Adorei o post!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oie
    nunca vi o filme mas tenho bastante vontade de assistir por ter visto elogios e aparentar ser um filme bem interessante com um assunto que me interessa horrores, com certeza esta na lista

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  13. olá,Rafael. Desde que saiu esse filme eu fiquei a fim de assistir mas até agora não consegui xD
    falta de tempo, tem que bater 'aquela vibe', saca? mas acho uma temática forte, que precisa mesmo ser apresentada...
    bjs...

    ResponderExcluir
  14. Então,essa questão de mostrar as atrocidades que uma pessoa é capaz de fazer não me atrai nem um pouco. Não é à toa que parei de ver jornal faz muitos anos. Com certeza é um tema que precisava mesmo ganhar os holofotes, mas eu não assistiria.

    ResponderExcluir