quinta-feira, 17 de maio de 2018

[Mudando de Assunto] Whiplash – Em busca da perfeição


Título Original: Whiplash 

Direção: Damien Chazelle 

Ano Lançamento: 08 de Janeiro de 2015 

Duração: 01h47min 

Elenco: Miles Teller, J.K. Simmons, Paul Reiser, Melissa Benoist e Jayson Blair 

Gênero: Drama, Musical 

Origem: Estados Unidos 

O solitário Andrew (Miles Teller) é um jovem baterista que sonha em ser o melhor de sua geração e marcar seu nome na música americana como fez Buddy Rich, seu maior ídolo na bateria. Após chamar a atenção do reverenciado e impiedoso mestre do jazz Terence Fletcher (JK Simmons), Andrew entra para a orquestra principal do conservatório de Shaffer, a melhor escola de música dos Estados Unidos. Entretanto, a convivência com o abusivo maestro fará Andrew transformar seu sonho em obsessão, fazendo de tudo para chegar a um novo nível como músico, mesmo que isso coloque em risco seus relacionamentos com sua namorada e sua saúde física e mental. 


Impressões: 

Saudações cinematográficas queridos Travellers, tudo bem com vocês? Espero que sim! Final de semana chegando, que tal uma dica de filme para curtir e poder relaxar? 

No post de hoje, vamos falar do filme vencedor do Globo de Ouro e Oscar, “Whiplash – Em busca da perfeição”. Um filme intenso e motivacional do começo ao fim. 


O longa está disponível no catálogo da Netflix. Whiplash vai mostrar toda árdua jornada do jovem estudante de bateria, Andrew Neiman, do qual estuda no melhor conservatório dos Estados Unidos, tendo como o único objetivo de ser o melhor baterista de jazz, tendo como ídolo o músico Buddy Rich. 

Outro personagem importante e ao mesmo impactante, do qual faz toda diferença na vida de Andrew, é o professor do conservatório, Terence Fletcher, extremamente exigente com seus alunos, chegando ao extremo em humilhar os músicos da banda e até mesmo usar da violência física. 


A banda do conservatório está ensaiando duas músicas para uma apresentação, “Whiplash e Caravan” músicas do grande baterista Buddy Rich. Essas duas canções são ensaiadas exaustivamente nas mãos do professor Fletcher. Exigindo perfeição, dedicação e disciplina dos seus alunos. 

O longa recebeu elogiosas críticas da mídia especializada, o sucesso foi tamanho que “Whiplash – Em busca da perfeição” levou o Globo de Ouro na categoria de melhor ator coadjuvante, J.K. Simmons levou o prêmio. Oscar em três categorias, melhor ator secundário, melhor montagem e melhor mixagem de som. 

Um destaque que merece ser mencionado é toda ambientação e fotografia, mostrando o mundo da música nos bares noturnos de Nova Iorque e toda jornada de um músico para alcançar o estrelato. 


O roteiro é bem simples, porém instigante, deixando o espectador virado em todo o desenrolar da luta do jovem baterista para conseguir o devido reconhecimento do seu professor linha dura. 

Diálogos são fluídos e intensos, uma carga emocional bem forte entre os personagens principais do longa, o dinamismo é outro ponto do filme que merece o total reconhecimento e respeito. 

Uma rápida curiosidade, o filme possui traços autobiográficos no roteiro feito pelo diretor, em sua juventude ele foi um estudante de bateria e sofreu com um professor “carrasco”. 

J.K. Simmons mostra o motivo de ter levado dois importantes prêmios do cinema mundial. Uma interpretação rica em realismo de uma pessoa dura e rigorosa com os seus alunos, frieza no olhar e sem nenhum sentimento demonstrado em sua interpretação. 


Um filme completo em todos os sentidos, mostrando o sacrifício de uma pessoa em busca do seu sonho e objetivo de vida. Se vale a pena? Sem sombra de dúvidas! 

Travellers, espero que vocês tenham gostado da nossa dica de filme, não esqueçam de comentar, curtir e compartilhar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário