terça-feira, 16 de outubro de 2018

As "Parças"

Sabe me decifrar
Parceira do crime
Aconteceu do nada
Confiei sem questionar
Doa há quem doer, rola solta a sinceridade pura 
Segredos obscuros
Se rola a neura, questiono sem pensar
Verbalizando sem pudor
Quero acreditar que foi predestinado
Aliás, nada é por acaso
Que dure o máximo que possa durar
Porque uma amizade nesse naipe é difícil de se encontrar
Sacas?!





Nenhum comentário:

Postar um comentário