domingo, 30 de dezembro de 2018

O grande lançamento - continuação/parte II

(...) continuação


-Hei! Samantha acorde. – Disse Eleonor tocando no ombro da escritora.
- Desculpe, estava divagando sobre essa edição.
- O que achou?
- Gostei em todos os aspectos – Entregando o livro para Eleonor.
- Que bom, fico contente que tenha gostado já ia me esquecendo, o responsável por cada
passo seu no Brasil vai ser o Ivo Bittencourt, convenhamos, ele é um pedaço de mau
caminho. – Explicou Eleonor com sorriso malicioso
- Você não tem jeito mesmo. – Brincou Samantha.
- Então fica combinado, amanhã passo na sua casa e te levo para o aeroporto.
- Certo. – Falou Samantha.

As duas se despediram com um longo e afetuoso abraço. Samantha aproveitou o resto
do dia para fazer algumas compras e relaxar, pois nos últimos dias ela estava
trabalhando demais em seu novo projeto literário.

Com o carro repleto de compras, Samantha decidiu almoçar em seu restaurante favorito,
do qual serviam frutos do mar deliciosos.

Aproveitando o tempinho até chegar o seu pedido, a mesma resolveu fuçar nas redes
sociais para tirar a prova se Ivo era realmente um pedaço de mau caminho, como dizia
Eleonor.
- Minha nossa! – Exclamou olhando para a tela do celular.
- Samantha! Samantha! – Chamou uma voz.
- Oi? – Falou Samantha virando-se para trás.
- Samantha, sou seu maior fã, você poderia autografar o meu livro? – Disse uma criança
estendendo o livro.
- Claro meu lindo jovenzinho, qual é o seu nome? – Falou Samantha pegando o livro.
- Meu nome é Enrico. – Falou a criança toda animada.
- Muito bem. Lindo nome. Para o meu jovem leitor Enrico com carinho e mil beijos
literários de Samantha Ferraz. – Terminando entregou o livro para Enrico.
- Samantha, posso tirar uma foto de vocês dois?
- Claro!

O pai que estava acompanhando o seu filho sacou o celular e tirou uma foto do seu filho
com sua escritora favorita.
Depois de ter terminado os agradecimentos, Samantha pode saborear o seu almoço do
qual estava com uma excelente aparência.

Olhando para o relógio, Samantha decidiu ir embora e aproveitar para dormir cedo, pois
embarcaria pela manhã e seria uma viagem bem longa.

As horas passaram voando, quando ela terminou de fazer suas malas e se estirou na
cama, dormindo do jeito que estava.
Samantha despertou do sono com o alarme do celular tocando. Rapidamente ela se
arrumou com a roupa mais confortavelmente possível para encarar longas horas dentro
de um avião.

Eleonor estava tocando o interfone do apartamento e aguardando a grande escritora para
leva-la até o aeroporto.
- Bom dia majestade. – Brincou Eleonor.
- Bom dia dona pontual. – Falou Samantha rindo.

As duas colocaram as malas no carro e partiram para o aeroporto, seria um trajeto
rápido. Ambas começaram a falar de trivialidades e coisas do cotidiano, quando se
deram conta já estava no aeroporto.

Eleonor ajudou sua amiga com todos os afazeres antes de embarcarem, fazendo o check-
in e já despachando as malas.
- Bom Samantha, espero que dê tudo certo e que você arrase no lançamento. Ah! Conte-
me do seu agente gostoso lá do Brasil. – Com seu sorriso malicioso
- Pode deixar, estarei conectada com meu celular e te mantenho informada.
As duas se despediram afetuosamente e Eleonor esperou até que o avião levantasse voo,
era sempre assim quando sua escritora favorita partia para mais um evento de sucesso.


***terá continuação no próximo post.
Texto autoral por: Rafael Botter e Mary Dourado.


sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

O grande lançamento


O clima na Europa está bem agradável, aquele frio que deixa qualquer um com uma
vontade de passar o dia na cama dormindo ou vendo um bom filme.
Mas nem tudo são flores e no caso da jovem escritora de renome mundial Samantha
Ferraz, o dia seria de muito trabalho.
- Bom dia Marta. – Disse Samantha entrando na cozinha para tomar seu café da manhã.
- Bom dia dona Samantha, já está tudo pronto para tomar o seu café. – Falou ela dando
um último retoque na mesa.

Durante todo o café da manhã, a escritora verificou sua agenda do qual viu um evento
que precisaria comparecer sem falta no Brasil, no calor do Rio de Janeiro.
- Que Catzo! Esqueci que tenho que viajar para o Brasil.
Após saborear o delicioso café da manhã feito pelas mãos mágicas de Marta. 
Samantha arrumou suas cias e seguiu para editora, da qual está tomando todas às providências
para o importante lançamento no RJ.

Samantha está cada dia mais satisfeita com sua nova mudança para Suíça, um lugar
lúgubre que desperta as mais doces inspirações para os seus livros.
Chegando ao prédio que estava situado à editora, foi logo procurar sua agente literária
para ficar a par de todos os eventos do qual ela teria que participar.
- Bom dia Eleonor. – Disse Samantha entrando.
- Bom dia querida Samantha. – Disse Eleonor se levantando para beijar a autora.
- Eleonor, esqueci completamente do lançamento no Rio de Janeiro.
- Fique tranquila Samantha, já cuidamos de tudo, você embarca amanhã cedo. Está tudo
reservado para você, hotel, carro, roupas e restaurantes. É só você chegar e brilhar,
querida. – Explicou Eleonor.
- Perfeito. – Falou Samantha.
- Ah! Esqueci-me de mostrar o exemplar do seu livro em edição brasileira. – Eleonor
entrega o exemplar para Samantha.

A autora examinou minuciosamente o exemplar, olhando cada detalhe do livro, desde 
diagramação até arte da capa.

Samantha olhou demoradamente para orelha do livro do qual estava sua foto,
constatando sua infinita beleza. Seu olhar misterioso deixava grandes revelações impossíveis de se imaginar. A cor dos seus cabelos mostrava ser uma pessoa vaidosa, sendo agora a cor meio avermelhado e combinando com os olhos castanhos escuros.

O único, porém para a mesma era sua altura que compensava usando salto alto e
conseguia ganhar dez centímetros a mais e passava o seu tamanho de 1.50m.
Seu rosto parecia ter sido esculpido e moldurado por anjos, com traços finos e graciosos
e bem delineado com os contornos suaves fazendo assim uma mulher belíssima,
elegante e sofisticada.


***terá continuação no próximo post.


quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Revista Conexão Literatura - 42ª Edição


Dezembro chegou e com ele a última edição do ano de 2018 da Revista Conexão Literatura.

Para quem ainda não conhece a revista vale sempre reforçar que a publicação pode ser baixada gratuitamente ou lida diretamente no seu navegador.

Ao longo do ano a Conexão Literatura publicou muitas matérias e entrevistas. Foram 12 edições com informações sobre literatura e o mercado editorial. Contos, poesia, dicas sobre livros e muito mais conteúdo estiveram presentes nas publicações anteriores.

E nessa edição, a de nº 42, o destaque é para o autor português Francisco J.S.A. Luís, que fez uma longa pesquisa e publicou a obra Travestis Brasileiras em Portugal. O leitor poderá saber tudo sobre esse livro na entrevista exclusiva feita com o Francisco. Confira nas páginas da revista.

É nessa edição também que saiu o resultado do concurso “Os dois melhores contos”. Nas páginas da publicação você conhecerá os vencedores.

Matérias, contos, entrevistas e muito mais aguardam por você.

Para baixar o seu exemplar clique aqui

Boa leitura!




terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Mensagem da Semana




Pássaro não vive feliz dentro de uma gaiola. 
Portanto, seus sonhos guardados dentro de você, serão apenas sonhos.












(frase do livro: Minhas Palavras. Suas Palavras - Mary Dourado/"primogênito")

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

98° Aniversário de Clarice Lispector

Saudações literárias, queridos Travellers. Tudo bem com vocês? Espero que sim! Hoje é um dia muito especial. O aniversário da diva suprema da literatura mundial (minha humilde opinião). Nada mais justo que ganhar uma homenagem do Google, Clarice Lispector merece tudo isso e muito mais! Vamos para o post?

Escritora completaria 98 anos nesta segunda-feira (10). Ilustração foi feita pela designer Mariana Valente, neta de Clarice.


Clarice Lispector nome aportuguesado de Chaya Pinkhasovna Lispector (em russo Хая Пинхасовна Лиспектор) (Chechelnyk, 10 de dezembro de 1920 — Rio de Janeiro, 9 de dezembro de 1977) foi uma escritora e jornalista ucraniana naturalizada brasileira.

Autora de romances, contos e ensaios, é considerada uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX e a maior escritora judia desde Franz Kafka. Sua obra está repleta de cenas cotidianas simples e tramas psicológicas, reputando-se como uma de suas principais características a epifania de personagens comuns em momentos do cotidiano. Quanto à sua brasilidade, declarava ser pernambucana.

Clarice ganhou uma ilustração especial acima da caixa de buscas do Google. O rosto da autora aparece em meio aos livros e referências do Brasil e sua terra natal, Ucrânia. 


domingo, 2 de dezembro de 2018

Menino homem



Teu sorriso me distrai,
Teu cabelo me fascina,
Esse ar de menino homem, me encanta.


Onde tu caminhava?

Nunca o imaginei, nem mesmo pensei.
Olhar intenso, firme e seguro.
Mãos másculas e fortes.
Traços perfeitos!

Coragem é transmitido dentro do nosso abraço.


Que sentimento é esse?!


Sereno e explosivo,
Interrogação e exclamação,
Insaciavelmente agradável.
Menino com seus tons masculinos.