domingo, 6 de janeiro de 2019

O grande lançamento - continuação/parte III

(...)continuação parte III

Samantha adorava viajar, era o seu momento de se recostar na poltrona, colocar os fones
de ouvido e curtir às próximas longas horas de voo.

O voo foi muito tranquilo e sem nenhuma turbulência, a autora aproveitou além de
ouvir música para colocou seus escritos em dia também. Samantha olhava diversas
vezes o perfil na rede social do seu novo agente literário do Brasil, e sem sombra de
dúvidas ele era um pedaço de mau caminho.

Desembarcando na cidade maravilhosa, Samantha tratou de ligar para sua editora e
dizer que tudo tinha corrido bem.
Ela teve seu momento de glória com alguns fãs que a pegaram de surpresa, pedindo
autógrafos, fotos e selfies.

Não demorou muito para Sam ser recebida pelo seu novo agente do Brasil, Ivo
Bittencourt.

- Boa tarde madame. – Disse ele cumprimentando.
- Boa tarde. – disse ela estendendo à mão.
Ela notou que ele era realmente lindo ao vivo e a cores. Ivo pegou todas as bagagens e
seguiram para o estacionamento.
- Vou te levar para o hotel e a noite vamos fazer um tour pela cidade. – Explicou Ivo.
- Ok. – Disse ela com frieza.
- Mulher metida. – Pensou Ivo
Quando chegaram no estacionamento, Samantha ficou de boca aberta quando olhou
para o carro que iria levá-la para o hotel.
- Sendo uma autora mundialmente famosa, você merece do bom e do melhor. – Falou
Ivo.
- Compreendo. – Falou bem ríspida.
- O que tem de gostosa, tem de nojenta e metida. – Sussurrou Ivo.
- O que você disse Ivo?
- Eu? Nada. – Disfarçou Ivo

Com toda gentileza, Ivo abriu à porta para a escritora entrar, após acomodar as malas no
bagageiro, Ivo deu partida no super carro esportivo de luxo que à editora tinha alugado
para deixar em plena disposição para autora.

Ivo notou certa preocupação por estar correndo e vendo a expressão de assustada da
autora, o trajeto para o hotel foi bem curto por causa da velocidade que Ivo pilotava o
carro.
Sendo um bom cavalheiro, Ivo levou Samantha para o seu quarto presidencial que já
estava reservado para autora fazia semanas.
Sem ao menos agradecer por toda essa recepção, Samantha pediu para que Ivo se
retirasse do quarto e ter o seu descanso merecido.

- Mas senhora Samantha, preciso cuidar de tudo para você. – Explicou Ivo.
- Em primeiro lugar, não sou senhora e em segundo lugar eu sei me virar perfeitamente
bem. Então pode-se retirar. – Falou apontando para saída do carro.

Ivo nem ao menos se despediu, saiu bufando e deixou aquela escritora metida a besta
sozinha. O pior que ele tirou mais dois dias para aturar aquela mala.
Samantha tratou de tomar um banho bem demorado para relaxar da longa viagem, a
presença de Ivo deixou a escritora abalada.
Ela pegou sua blusa do chão e sentiu o perfume de Ivo impregnado em sua roupa, não
demorou para que seus seios enrijecesses.

Após o banho, Samantha tratou de ligar para sua editora chefe. Explicou cada detalhe da
viagem até o seu jogo de grosseria com o pobre Ivo.
- Samantha, sei que você é turrona, mas pega leve. – Falou Eleonor.
Samantha conversou mais um tempo com sua amiga e resolveu ficar na sua suíte para
descansar, pois amanhã seria um logo e pervertido dia.

A noite passou como um raio, Samantha acordou e pediu o café da manhã em sua suíte,
sem antes ligar para Ivo e combinar para leva-la e conhecer a cidade maravilhosa.
Samantha tomou seu café bem rápido, estava tramando diversas coisas para fazer com
Ivo. A manhã estava quente, então a escritora resolveu por uma roupa leve e ao mesmo
tempo provocante, tratou de por um short e uma camiseta branca, por baixo um top.

Samantha atendeu o telefone da sua suíte, recebendo o aviso que Ivo já estava
esperando.
Ivo bateu os olhos em Samantha e ficou logo de queixo caído, não sabia o que falar,
apenas olhava admirado.

- Então? Nós vamos primeiro em qual lugar?
- Bom dia. – Disse ele. – No caminho decidimos
- Está bem. – Falou ela.
Samantha seguiu Ivo e notou que ele estava nem um pouco cavalheiro hoje, nem ao
menos abriu a porta do carro para ela.
O jovem dava algumas olhadelas de canto de olho para deslumbrar a escritora.
- Esse carro corre mesmo? – Instigou Samantha.
- E muito. – Falou Ivo.
- Então me mostre.
Ivo mudou o trajeto para dar uma esticada no carro e provar para que também é um bom
motorista.


***terá continuação no próximo post.
Texto autoral por: Rafael Botter e Mary Dourado.





Nenhum comentário:

Postar um comentário