domingo, 27 de janeiro de 2019

[Resenha] O Filho do Sol - Herdeiros das Estrelas #1


Autor: Daniel Renattini
Páginas: 200
Editora: Independente


Sinopse: Em meio a um turbilhão de acontecimentos bizarros, segredos que o rodeiam desde a infância agora ameaçam o equilíbrio de uma vida que guarda muito mais surpresas do que ele poderia imaginar. Afinal, o que fazer quando se descobre que super poderes não estão apenas nas páginas dos livros e revistas em quadrinhos?

Com o peso de um novo mundo nos ombros, Alex se vê envolto em uma narrativa de fantasia na qual os super-heróis estão muito mais perto da realidade... E os vilões também.

Acompanhado por aliados pouco prováveis, o jovem precisa aprender a controlar o fogo que corre em suas veias, ao mesmo tempo em que percebe que essas descobertas têm um preço que ele ainda não sabe se está disposto a pagar.

Luto, incredulidade, curiosidade e a descoberta de que ele pode não ser tão humano quanto sempre imaginou tumultuam os pensamentos do jovem. O que fazer quando suas emoções parecem um vulcão prestes a entrar em erupção?



Alex e Alice são um jovem casal apaixonado. Acabaram de se formar no ensino médio e planejam um futuro juntos. Nada poderia mudar aquilo. Nem mesmo os sintomas estranhos que Alex vinha sentindo nos últimos anos, como febre e mal estar.

Eles queriam comemorar na companhia um do outro a formatura, além do aniversário de 2 anos de namoro. Foram jantar em um famoso restaurante e depois passearam de carro pela Avenida Paulista. 

Tudo estava bem, até que os dois foram perseguidos por um carro misterioso, que atiravam contra o carro deles, que resultou com Alice em coma no hospital.

Alex se sentia culpado por tudo que aconteceu e para piorar, coisas estranhas começaram a surgir em sua vida. Você acredita em pessoas com poderes? Que podem controlar todos elementos? Você acredita em heróis?

Pois eles existem, e também existem aqueles que querem aproveitar de todo esse poder, para fazer mal as pessoas. Será esse o motivo de Alex e Alice terem sido atacados? Mas o que eles tinham a ver com isso?


Sempre deixei claro que eu amo fantasia e que é o meu gênero preferido. Por tanto, eu leio muitos livros do gênero, e muitas vezes eu fico me perguntando: "Será que eu ainda vou conseguir me surpreender e me prender a uma história de literatura fantástica?", e a resposta é SIM!

Por mais que existam comparações, toda história tem sua particularidade e é isso que nos faz apaixonar pelo livro. Foi assim que aconteceu com O Filho do Sol. Muitos elementos me lembraram histórias de heróis famosas, mas ao mesmo tempo, fui surpreendida por cada detalhe.

O autor soube explorar muito bem o fatos, dando angustia, ansiedade, emoção e muito mais, mas muita coisa ainda ficou desamarrada, dando uma deixa para a continuação do livro, o que me deixa muito ansiosa, porque o final foi surpreendente!

Eu amei os personagens, e amei ver a evolução de Alex durante a história, além de ter ficado surpresa com outros, pois nunca suspeitei de quem eles realmente são. 

E essa capa, gente? Maravilhosa! Além de ter tudo a ver com a história e com uma cena em específico.


Super recomendo o livro para quem, assim como eu, ama fantasia, história de heróis e vilões. O Filho do Sol é uma história bem gostosa de ler e que vai te surpreender bastante.
Eh aí? Você gosta de história de heróis? Já conhecia O Filho do Sol?

Beijos!

13 comentários:

  1. Oi, Nayara!
    Ainda não conhecia o livro e nem o autor, mas assim como você, fantasia é o meu gênero literário favorito. Gosto muito dessa premissa de heróis com poderes, apesar de já tê-la visto também em outros lugares. O que me me pareceu um diferencial dessa história, pelo menos entre outras que eu já li, é que ela se passa em um cenário urbano e muito próximo da nossa realidade, já que o protagonista é brasileiro. Fiquei curiosa para ler o livro e o fato de saber que você gostou dele e o classificou com cinco estrelas me faz ter muitas expectativas. Obrigada pela ótima resenha! Beijos!

    Jéssica Martins
    castelodoimaginario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. A capa realmente dá uma imagem diferente para a história, pois como você disse fica aquela coisa entre vilão e super-herói. Pelo que entendi ele tem um poder de fogo ou algo a ver com o sol em suas veias? O legal é que mesmo assim ele continua sendo uma pessoa comum.

    ResponderExcluir
  3. Oii, tudo bem?

    Eu também sou apaixonada por fantasia. O título e a capa já me deixaram super curiosa com a história, adoro essa coisa de vilão e herói. Fiquei em dúvida se a trama só se passa em meio urbano, gosto quando a história tem uns cenários mais místicos e tudo o mais.
    Vou adicionar na minha lista de desejados.

    Obrigada por compartilhar!!
    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  4. Opaa, não conhecia o livro e adorei a premissa. Sou fã de fantasia e adoro essa jornada de descoberta que o protagonista passa. Fiquei bem curiosa com a leitura.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura | Instagram

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Essa capa realmente chama muito a atenção e sua resenha me deixou curiosa para saber o motivo do casal ter sido atacado, pela capa já deu para notar que ele que terá os poderes.
    Vez ou outra eu adoro ler livros de fantasia, dica anotada!

    ResponderExcluir
  6. Olá! Achei bem interessante a premissa dessa história. Não conhecia autor, nem obra, mas parece ser bem promissor. Só achei diferente o fato do casal "passear" pela Avenida Paulista de carro.

    ResponderExcluir
  7. Eu não curto tanto livros de fantasia (mas estou tentando mudar isso), todavia achei interessante a proposta do livro e me recordou um pouco uma série que eu assistia anos atrás: Heroes. Eu era apaixonada pela série, mas parei de ver por falta de tempo.

    Me pergunto se ainda vai existir um romance entre Alice e Alex, uma vez que ela está em coma. Será que ela vai sair dessa e eles vão ficar juntos? Acho que provavelmente o livro se concentrará mais na fantasia do que no romance. E eu sou uma romântica incurável.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Essa é uma história que chama atenção. Os personagens parece se envolver em algumas aventuras. Fiquei curiosa no estado que Alice aparenta na trama, mas estou intrigada com o desfecho e sua resenha me chamou atenção.
    Vou aguardar as próximas considerações para decidir se dou uma chance.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  9. Eu sou apaixonada por fantasia, mas já faz um tempo que não me aventuro com um livro do gênero.
    Este eu ainda não conhecia, mas me conquistou desde a capa. Sua resenha me deu motivos para querer lê-lo logo.
    Vou colocar na lista de desejados.

    ResponderExcluir
  10. Coisa boa quando lemos uma obra que possui elementos que reconhecemos e gostamos, e ainda assim consegue no s surpreender. Gosto mito de fantasia, e fiquei bem quedada a realizar essa leitura. Assim consigo retornar ao universo da fantasia, pois embora goste muito desse tipo de livro, não tenho lido muito esse gênero ultimamente.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  11. Olá Nayara, esse livro esta na minha listinha de leituras para esse mês *-* Pelos seus comentários o enredo parece estar bem bacana e o autor soube trabalha-lo e desenvolve-lo bem *-* adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  12. Ola!!

    Não conhecia o livro e nem o seu autor. Achei a capa muito bonitinha, inclusive! Infelizmente eu ultimamente tenho me mantido bem afastada do gênero fantasia, uma besteira da minha parte, eu sei. Mas não consigo me ver atraída por livros no estilo e isso é uma coisa que só me faz perder aparentemente.

    beijos

    ResponderExcluir
  13. Eu já quero ler esse livro pra ontem, adoro fantasia e essa obra aguçou demais minha curiosidade, ela deve ter um enredo fantástico e surpreendente. Anotada a indicação!!!

    ResponderExcluir